Quantidade produzida de Lavoura Temporária no Rio de Janeiro em 2016

A redução da área colhida da agricultura temporária no estado do Rio de Janeiro e região Norte Fluminense, no triênio 2014 a 2016, refletiu na quantidade produzida em toneladas, no mesmo período. Os dados são dos municípios de Campos dos Goytacazes e São Francisco de Itabapoana, cuja representatividade é em torno de 70% do total do estado do Rio de Janeiro. A queda da produção em Campos chegou a 54,79% em 2016 com base em 2014 e em São Francisco, a queda foi de 25,75% no mesmo período. No estado a queda da produção atingiu 44,37%.
Dos cultivos mais representativos em termos de volume, a cana-de açúcar apresentou uma queda de 47,43% no estado, queda de 54,8% em Campos e queda de 25,93% em São Francisco de Itabapoana. O abacaxi apresentou queda na produção de 15,59% no estado, queda de 46,26% em Campos e queda de 14,29% em São Francisco de Itabapoana, enquanto a Mandioca, apresentou queda de 19,07% no estado, queda de 57,13% em Campos e queda de 37,14% em São Francisco de Itabapoana em 2016 com base em 2014. 
Conforme podemos observar, apesar da queda de área colhida e produção, São Francisco tem indicadores melhores no estado por apresentar um menor % de redução e uma melhor diversificação de cultivos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições