Emprego em julho na região Norte Fluminense

A movimentação do emprego formal na região Norte Fluminense piorou em julho, comparativamente a junho. Foram eliminadas 4.413 vagas com forte participação de Macaé eliminando 4.375 vagas no mês. No acumulado de janeiro a julho, a região eliminou 6.440 vagas. Macaé eliminou 8.205 vagas, sendo 5.217 na construção civil, 1.379 no setor de serviços, 826 no setor extrativa mineral, 588 vagas no comércio e 211 vagas na industria de transformação. O único setor a gerar saldo positivo de emprego foi o setor agropecuário com a criação de 18 novas vagas de emprego no período.  
Já Campos dos Goytacazes gerou 1.696 novas vagas no período de janeiro a julho. O setor agropecuário exerce franca liderança com a geração de 2.388 vagas, a indústria de transformação gerou 566 novas vagas e o setor de serviços gerou 205 novas vagas no mesmo período. Inversamente, o setor de construção civil eliminou 788 empregos, o comércio eliminou 706 empregos e o setor extrativa mineral eliminou 29 novas vagas no mesmo período. 
O município de São João da Barra  gerou um saldo positivo de 121 empregos no período janeiro a julho, com o setor de serviços gerando 465 empregos e a construção civil eliminando 302 empregos no período analisado.
O estado do Rio de Janeiro apresentou o pior resultado no país, com a eliminação de 9.320 empregos em julho e eliminação de 75.684 no período de janeiro a julho. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

O Perfil da Agricultura em Campos dos Goytacazes