Movimentação do emprego formal na região Norte Fluminense em abril

O saldo negativo de emprego formal desacelerou em abril na região Norte Fluminense. Foram eliminadas 56 vagas no mês, contra 1.815 vagas em março. Macaé eliminou 883 vagas no mês, enquanto Campos dos Goytacazes criou 770 vagas em decorrência do inicio da safra de cana de açúcar. 
No acumulado de janeiro a abril, a região eliminou 3.113 vagas, concentradas em Macaé com a eliminação de 2.971 vagas no quadrimestre do ano. Deste total, foram eliminadas 907 vagas no setor de serviços, 804 vagas na construção civil, 503 vagas no setor extrativa mineral, 502 vagas no comércio e 206 vagas na indústria de transformação. Somente o setor agropecuário gerou resultado positivo com a criação de 7 vagas de emprego no quadrimestre. 
Campos dos Goytacazes eliminou 97 vagas no período, sendo 440 vagas na construção civil, 384 vagas no comércio, 144 vagas no setor de serviços e 19 vagas no setor extrativa mineral. Os setores agropecuário e industria de transformação geraram resultados positivos. Foram criadas 557 vagas na agropecuária e 250 vagas na indústria de transformação. 
São João da Barra criou 98 vagas no período, sendo 328 vagas no setor de serviços e 8 vagas na indústria de transformação. O setor de construção civil eliminou 245 vagas, o comércio eliminou 13 vagas, o setor extrativa mineral eliminou 7 vagas e a agropecuária eliminou 4 vagas no período.
O estado do Rio de janeiro eliminou 2.554 emprego em abril, enquanto o país criou 59.856 novas vagas. Entretanto o resultado no acumulado de janeiro a abril, continua negativo. O Rio de Janeiro eliminou 55.092 vagas e o país eliminou 9.020 vagas no período analisado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação