A produção de petróleo da Bacia de Campos perde participação em relação ao país


As informações no gráfico ajudam a entender melhor as dificuldades financeiras dos municípios produtores de petróleo da Bacia de Campos. A trajetória de queda da participação relativa do estado do Rio de janeiro em relação ao país, comprova que os gestores públicos não planejaram o médio e longo prazo. A situação atual estava desenhada a partir de 2009. Se as discussões sobre orçamento levassem em consideração técnicas de cenários, a situação atual seria outra. Insisto que essa é uma discussão técnica e não permite intervenções balizadas em interesse pessoal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra