Evolução da arrecadação de royalties na região Norte Fluminense em abril

A crise proveniente da queda do preço do barril de petróleo está materializada nas rendas de royalties, transferidas pela ANP, para os municípios produtores. Em abril do presente ano, essas receitas caíram fortemente entre esses municípios na região Norte Fluminense. Campos dos Goytacazes recebeu R$30,1 milhões, valor menor 40,49% do valor recebido no mesmo mês de 2014.
O valor acumulado no período jan-abril somou R$132,4 milhões, valor menor 39,43% do valor acumulado do mesmo período de 2014.
O município de Macaé recebeu R$25,4 milhões em abril, valor menor 36,46% do valor de abril de 2014. O valor acumulado janeiro-abril somou R$110,4 milhões, valor menor 33,5% do valor acumulada no mesmo período de 2014. 
O município de Quissamã recebeu R$3,8 milhões em abril, valor menor 45,3% do valor de abril de 2014. O valor acumulado janeiro-abril somou R$17,6 milhões, valor menor 41,3% do valor acumulado no mesmo período de 2014.
O município de São João da Barra recebeu em abril R$6,8 milhões, valor menor 27,4% do valor de abril de 2014. O acumulado de janeiro-abril somou R$29,2 milhões, valor menor 30,4% do acumulado do mesmo período de 2014.







O gráfico mostra o percentual de queda de arrecadação dos principais municípios produtores da região em abril e no período janeiro-abril de 2015, em relação ao mesmo período de 2014. 
Entre os municípios selecionados, Quissama foi o que mais perdeu receita, seguido por Campos dos Goytacazes e Macaé. São João da Barra perdeu uma menor parcela entre os municípios. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra