Emprego no comércio no primeiro trimestre de cada ano

Uma grande contradição pode ser observada nos números de geração de emprego no comércio, nos meses de janeiro, fevereiro e março de cada ano, nos municípios selecionados. 
São João da Barra e Quissamã são produtores de petróleo e classificados como municípios turísticos, enquanto São Francisco de Itabapoana e São Fidélis não são produtores de petróleo e tem sua economia baseada na agropecuária. São João da Barra  é o que mais gasta em festas com o argumento de fortalecer o comércio. Veja que nos últimos nove anos, o município só gerou 21 empregos no comércio, considerando o primeiro trimestre de cada ano, enquanto Quissamã gerou 28 empregos no mesmo período. Sem petróleo, São Francisco de Itabapoana gerou o dobro das vagas de emprego no comércio de São João da Barra e São Fidélis gerou um número de vagas de emprego formal no comércio 314,3% maior do São João da Barra e 210,7% maior do saldo de Quissamã. 
Mais um dado para a reflexão sobre a importância do petróleo na geração de bem estar da população local.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra