Emprego formal em março na região Norte Fluminense

O emprego formal apresentou evolução no mês de março, comparativamente a fevereiro deste ano. O saldo de emprego no país atingiu 19.282 vagas, enquanto no Estado do Rio de Janeiro atingiu 4.118 vagas (em fevereiro foram eliminadas 11.101 vagas).
Na região Norte Fluminense foi verificado uma expansão do emprego formal em março, onde foram geradas 967 novas vagas, puxadas pelo municípios de Macaé. No mês de fevereiro foram eliminadas 1.706 vagas.
A tabela apresenta os resultados de março e o saldo acumulado no primeiro trimestre de 2015. Campos dos Goytacazes eliminou 225 vagas no mês, ampliando o saldo negativo para 1.669 vagas eliminadas no trimestre. O comércio foi o setor mias afetado com a eliminação de 730 vagas, seguido pela indústria de transformação com a eliminação de 349 vagas. A agropecuária eliminou 326 vagas e a construção civil eliminou 124 vagas no trimestre. Somente o setor de serviços ficou positivo com 164 vagas geradas no trimestre.
Macaé gerou 1.207 vagas em março, mas no trimestre o saldo é negativo em 971 vagas eliminadas. O setor de construção civil eliminou 517 vagas, seguido pelo comércio com 385 vagas eliminadas, o setor extrativo mineral com 160 vagas eliminadas e a industria de transformação com 75 vagas eliminadas. Somente o setor de serviço gerou um saldo positivo de 222 vagas no trimestre.
O município de São João da Barra eliminou 65 vagas em março e ampliou o saldo negativo para 511 vagas eliminadas no trimestre. Destas, a construção civil eliminou 306 vagas, o setor de serviços eliminou 188 vagas e o comércio eliminou 24 vagas no trimestre. 
Apesar do respiro em março, a situação continua bastante preocupante.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições