Ineficiência no uso das rendas do petróleo

O gráfico apresenta a participação percentual dos gastos com investimento público nas rendas de petróleo (royalties e participações especiais) nos municípios de Rio de Ostras e São João da Barra. A comparação é importante porque indica o gau de responsabilidade dos municípios com o uso dos recursos, oriundos do petróleo. Rio das Ostras conseguiu alocar em média 48% dos recursos de petróleo em investimento no período entre 2002 e 2012, enquanto São João da Barra alocou somente 8,6% no período entre 2002 e 2014. Nos últimos seis anos, o município de São João da Barra usou, ineficientemente, as rendas de petróleo para ampliar a máquina pública, fragilizando a infraestrutura social e econômica. Apesar do forte fluxo de investimento privado, em função do porto do Açu, o município enfrenta sérios problemas econômicos, já que a população não conseguiu se inserir nas diferentes fases do empreendimento. A crise que chegou, em função da redução de royalties petróleo, ICMS e investimentos privados, criará problemas muito sérios para o município que ainda não entendeu a nova realidade. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra