PIB estagnado em 2014

Conforme esperado, o crescimento do PIB em 2014 bateu 0,1%, em relação ao ano anterior. O gráfico do IBGE mostra a desaceração do PIB a partir de 2010. A visão minimizadora do presidente Lula, classificando os reflexos da crise internacional como simples "marolinha", ou seja, sem grandes impactos para a economia do país, foi equivocada, e o pior é que foi seguida pela atual presidente. A aposta no consumo interno, subsídios de toda natureza e na manutenção do processo de transferência de renda, sem se importar com a oferta agregada (a produção real), potencializou o endividamento do governo e das famílias, destruindo os fortes fundamentos da economia antes da crise externa. A conta muito salgada está sendo cobrada a população, já pressionada pela retração da renda disponível e pelo desemprego. Teremos anos difíceis pela frente!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra