Forte retração das receitas de Participação Especial na Rota do Petróleo

Os principais municípios produtores de petróleo da Bacia de Campos, registraram uma receita de participação especial, em fevereiro, correspondente ao 4º trimestre de 2014, em torno de R$170,0 milhões. Esse valor é equivalente a 52,59% do valor total das participações especiais distribuído para a totalidade dos municípios do país. 
Entretanto, conforme mostrado na tabela acima, observa-se uma forte queda de arrecadação proveniente do último trimestre de 2014, quando comparado ao mesmo trimestre do ano anterior. Para a União Estados e municípios, de forma consolidada, a queda se situou em torno de 26%, já para os principais municípios da Bacia de Campos, a queda foi muito mais acentuada. Cabo Frio contabilizou uma perda de 60% em relação ao mesmo período do ano anterior, Campos recuou 43%, Macaé recuou 40%, Rio das Ostras recuou 51% e São João da Barra contabilizou uma valor menor 28% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. 
A transferência de royalties no mês de janeiro deste ano, já indicava esse novo quadro de retração dos royalties e participações especiais, provocada pela forte queda no preço internacional do barril de petróleo. Agora esses municípios precisam se ajustar a nova situação, que poderá se alongar!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições