Reflexos da dependência das rendas do petróleo na região Norte Fluminense

O gráfico apresenta a evolução da cotação média do Barril de Petróleo no período de 2001 a 2014 e a previsão para 2015. Considerando a média de preço em US$50,00 para este ano e verificando a correlação com as receitas de royalties e participações especiais no mesmo período, verifica-se que as perdas não serão lineares entre os municípios. A confirmação da média de US$50,00 para o barril de petróleo em 2015, provocará no município de Campos dos Goytacazes uma queda de até 46,57% nas indenizações petrolíferas. O município tende a sofrer mais, já que poderá interromper investimentos importantes, enquanto São João da Barra poderá ter uma queda de até 40,12%. Macaé, com uma situação diferenciada, poderá perder até 8,35% neste ano. O município apresenta a menor dependência entre os  produtores de petróleo e se constitui como sede de um número importante de empresas do setor, o que lhe possibilita uma boa arrecadação de Imposto sobre Serviços (ISS).  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições