Agricultura temporária na região Norte Fluminense em 2013

A área colhida de lavoura temporária na região Norte Fluminense encolheu 4,91% em 2013, com base em 2012, segundo o IBGE. Entre os nove municípios, São João da Barra apresentou a maior queda de 81,4%. A área de cana-de-açúcar despencou de 2.600 hectares em 2012 para 200 hectares em 2013. Cardoso Moreira reduziu 31,1%, São Fidélis reduziu 28,6%, Carapebus reduziu 19,3% e Campos reduziu 9,8% a área colhida em 2013. O avanço na área colhida ficou por conta de São Francisco de Itabapoana com 15,8% de crescimento, Conceição de Macabu com 7% de crescimento,  e Quissamã com 2,7% de crescimento em 2013.
O gráfico apresenta a distribuição percentual da área colhida no mesmo ano. Do total de 103.792 hectares colhidos na região em 2013, Campos dos Goytacazes apresenta uma participação de 53,01%; São Francisco de Itabapoana 29,68%; Quissamã 13,18%; Cardos Moreira 2,66% e os outros municípios menos de 1%.
Vale a pena lembrar que São João da Barra passou por um processo de desapropriação de terras na área rural para incremento industrial, com promessas de fortalecimento da agricultura via programas compensatórios. A sociedade precisa cobrar as promessas feitas no contexto da instalação do porto do Açu. Será que já caiu no esquecimento?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições