Segundo trimestre de retração econômica no País em 2014

Pesquisa divulgada pelo IBGE mostra queda de 0,6% do PIB no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre de 2014. Na comparação com o mesmo período de 2013, a queda é 0,9%. Pior é que o encolhimento do PIB foi puxado pela industria com queda de 1,5% no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre deste ano. A indústria automobilística, pela importância  de sua cadeia produtiva, deixa um rastro de desemprego, em função da baixa propensão interna a consumir, do enfraquecimento do setor externo e ainda da agressiva concorrência asiática na produção de componentes. Essa combinação aumenta a formação de estoque involuntário e deprime o investimento. No gráfico acima, pode ser observada a trajetória de queda na taxa de investimento, no segundo trimestre de cada ano. Despencou o investimento, assim como a taxa de poupança bruta, criando expectativas negativas sobre os períodos seguintes. Pela ótica do dispêndio, a queda do PIB foi empurrada pelo investimento que recuou 5,3% no segundo trimestre, em relação ao primeiro trimestre de 2014. A recessão técnica está instalada, já que se repete o quadro de retração econômica nos dois trimestres do ano.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra