Movimentação do emprego em julho

Os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho, relativos a movimentação do emprego em julho, indicam uma forte desaceleração do saldo no país. No Brasil foram gerados 632.224 empregos no período de janeiro a julho de 2014, saldo inferior a 699.036 empregos gerados no mesmo período de 2013.  
No Estado do Rio de Janeiro não foi diferente. Foram gerados 18.144 empregos nos primeiros sete meses de 2014, saldo inferior a 41.463 empregos gerados no mesmo período de 2013.
Na região Norte Fluminense, a desaceleração foi 54,61% em julho, com relação a junho do mesmo ano.
Campos dos Goytacazes gerou um saldo de emprego de 4.129 no período de janeiro a julho, com uma importante uma participação de 54,4% do setor agropecuário, seguido pela construção civil com 31,02%  e da atividade de serviço com  13,95% de participação. O comércio eliminou 256 empregos no período.
Macaé gerou um saldo de 481 empregos no período analisado, sendo 998 na construção civil e a eliminação de 513 empregos no setor extrativa mineral. O comércio eliminou 19 empregos no período. 
São Francisco de Itabapoana gerou 560 empregos, sendo 496 no setor agropecuário. O município criou um saldo de 21 empregos no comércio.
São João da Barra gerou um saldo de 478 empregos no período, sendo 285 empregos na construção civil e 232 empregos na industria de transformação. A atividade de comércio gerou 6 empregos no período.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra