A Atividade Industrial Brasileira em 2014

Um semestre negro para a indústria brasileira, que se mantém em uma trajetória de queda. Neste ano, a queda acumulada de janeiro a junho chegou a -2,6%, situação que piora na avaliação do período de junho de 2014 a junho de 2013, onde a queda é de -6,9%, considerando a indústria total. Os números mostram que a ocorrência de queda não está concentrada em um setor ou outro, atinge todos, o que é preocupante. O setor de bens duráveis apresentou uma queda de -8,6%, enquanto o setor de bens de capital encolheu -8,3%. No período de 12 meses, considerando junho de 2014 e junho de 2013, o setor de bens de capital encolheu -21,1%, enquanto o setor de bens duráveis encolheu -34,3%.
Os especialistas tem considerado que a copa do mundo exerceu um papel importante na queda da indústria, entretanto os problemas vem se arrastando por mais tempo. A queda de confiança dos empresários tem inibido o investimento, conforme mostra muito bem o setor de bens de capital, enquanto que os consumidores tem reduzido a sua capacidade de compra a prazo. O endividamento das famílias é elevado e as taxas de juros vem reduzindo a margem de consumo. Veja que o encolhimento desse setor é -1,9% no semestre e de -10,7% no período entre junho de 2014 a junho de 2013. Conforme podemos ver, o cenário não é nada otimista!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra