Refletindo sobre progresso social: o caso da região Norte Fluminense

Muito tenho ouvido falar de modernização, fundamentalmente, em função dos grandes investimentos nos setores de petróleo e infraestrutura portuária  na região Norte Fluminense. No âmbito dos municípios, as justificativas para o termo modernização passam essencialmente pelo aumento da população urbana e número de veículos automotores em circulação. Predominam os discursos políticos, onde governos e organizações de interesse disseminam uma visão otimista e sem qualquer base técnica/científica. A desinformação tem sido uma prática que é perversa para o futuro da sociedade regional.

Como contribuição para um melhor entendimento sobre o que realmente quer dizer progresso / modernização de uma sociedade, vamos recorrer ao pai da economia Adam Smith, nascido na Escócia e que viveu no período de 1723 a 1790.   

Em sua reflexão sobre o processo de invenção de máquinas para facilitar e abreviar o trabalho no âmbito da divisão do trabalho, ficou acentuada a importância dos trabalhadores que operavam as atividades e dos filósofos ou pesquisadores. Dessa forma, deduzia o economista....... "com o progresso da sociedade, a filosofia ou pesquisa torna-se, como qualquer ofício, a ocupação principal ou exclusiva de uma categoria especifica de pessoas".

Já em períodos mais recentes, o economista Celso Furtado, refletindo sobre a formação da teoria do subdesenvolvimento, destacou que a modernização da sociedade através da importação de bens de consumo sem a correspondente diversificação dos aparelho produtivo seria o ponto central da dependência tecnológica.

Vejam que enquanto Adam Smith associa o progresso da sociedade à pesquisa, que se transforma na ocupação principal, como um oficio qualquer; Celso Furtado vê a modernização da sociedade, caracterizada pela importação de bens de consumo, como uma situação de dependência tecnológica, condição alimentadora do subdesenvolvimento.


Acredito que a modernidade, tão propalada na região identificada, pode ser bem analisado segundo os ensinamentos dessas referências essenciais para o entendimento da ciência econômica. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra