O emprego formal em maio na região Norte Fluminense

O saldo do emprego formal acelerou em maio na região Norte Fluminense, batendo 2.133 novos empregos. Em abril foi registrado um saldo de 733 empregos. O inicio da safra de cana-de-açúcar teve um papel importante nessa evolução, fundamentalmente, nos municípios de Campos dos Goytacazes e São Francisco de Itabapoana.
Campos gerou um saldo de 1.442 empregos no mês, ou 67,6% do saldo da região, acumulando um saldo 2.383 empregos no período de janeiro a maio. Deste saldo, 1.196 ou 50,2% foram gerados nos setor sucroalcooleiro; 1.126 empregos foram gerados na construção civil; 324 empregos foram gerados no setor de serviços e 94 empregos foram gerados na indústria de transformação.
Macaé gerou um saldo de 274 empregos no mês e um saldo acumulado de -823 empregos eliminados. Deste saldo acumulado, o setor extrativo mineral eliminou 299 empregos, a industria de transformação eliminou 177 empregos, o comércio eliminou 262 empregos e o setor de serviços eliminou 175 empregos.
São Francisco de Itabapoana gerou 362 novas vagas no mês, acumulando 427 empregos de janeiro a maio, cuja participação do setor sucroalcooleiro chegou a 427 novas vagas no mesmo período.
Já São João da Barra gerou 44 novas vagas em maio, acumulando 488 vagas no período janeiro a maio. Os setores responsáveis foram a construção civil e a indústria de transformação. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra