O investimento nos principais municípios da região Norte Fluminense em 2013

A figura apresenta o percentual de investimento sobre as receitas correntes nos principais municípios da região Norte Fluminense, em termos de recepção de investimento privado. Campos dos Goytacazes, com R$2,4 bilhões de receitas correntes e superavit orçamentário de 2,94% em 2013, apresentou a maior taxa de investimento público, batendo 17,52% das receitas correntes. Em termos absolutos, o valor liquidado somou R$410,9 milhões no ano analisado. 
O município de Macaé realizou R$1,9 bilhão de receitas correntes e um superávit de 21,4%. A taxa de investimento foi de 3,04%, indicando dificuldade do município em alocar recursos na conta de capital, apesar da sobra de caixa representada no alto superávit. Em termos absolutos os gastos em investimento no município somaram R$59,5 milhões no ano.
São João da Barra realizou R$364,3 milhões de receitas correntes e um superávit de 3,84%. A taxa de investimento ficou em 2,84%, indicando dificuldades no município. Diferente de Macaé, a pequena sobra de caixa tem indicativos de problemas na gestão orçamentária, já que quase a totalidade dos recursos é dirigida para custeio. Tal fato, com certeza, compromete o longo prazo do município, criando sérios gargalos ao processo de bem estar social e econômico. O valor absoluto do investimento somou somente R$9,0 milhões no ano.
Para efeito de comparação, o Estado do Rio de Janeiro apresentou uma taxa de investimento de 11,50% sobre as receitas correntes, percentual inferior ao de Campos dos Goytacazes.    

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra