Análise do PIB nos municípios não produtores de petróleo

O Produto Interno Bruto não é um bom indicador de dinâmica econômica para os municípios produtores de petróleo, já que distorce a riqueza internalizada. Entretanto, a sua utilização nos municípios não produtores mostra, de forma mais realística, o que acorre no interior do sistema econômico desses municípios. 
Assim, a análise do PIB nesses municípios da região Norte Fluminense (Cardoso Moreira, Conceição de Macabu, São Fidélis e São Francisco de Itabapoana), mostra a surpreendente evolução de São Francisco de Itabapoana. O município apresenta um crescimento do PIB a preços correntes de 61,77% em 2011 com base em 2008, sendo a maior taxa entre os municípios não produtores e a segunda entre o conjunto dos municípios produtores e não produtores de petróleo. O cruzamento desse indicador com outros como: crédito, depósito a vista do setor privado, produtividade agrícola e valor adicionado fiscal, confirma a boa evolução do município ao longo do período analisado, apesar de indicadores de pobreza ainda resistentes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra