O padrão da execução orçamentária em Campos dos Goytacazes

Os resultados da execução orçamentária em Campos dos Goytacazes, no período de janeiro a agosto de 2013, reafirmam o padrão de eficiência no trato da questão. Nos últimos quatro anos, foi consolidada a disposição do governo em alocar parcelas relevantes do orçamento em investimento, assim como foi acentuado o esforço para elevar as receitas tributárias em relação as receitas correntes.


A consolidação do quarto bimestre deste ano indicou a realização de R$1,5 bilhão de receitas correntes, valor equivalente a 65,73% do valor previsto para o ano fiscal. As receitas tributárias realizadas somaram R$131,3 milhões ou 74,67% da previsão anual, enquanto o valor liquidado de investimento atingiu R$238,4 milhões ou 44,50% do valor anual previsto. A tabela acima completa apresenta outros valores.

Aprofundando a análise para o rubrica de investimento, verificamos que no período observado o valor liquidado de investimento representou 14,33% das receitas correntes realizadas. Considerando que existe ainda dois bimestres para o fechamento do exercício, a expectativa é que  a taxa de investimento anual chegue a 22,0% das receitas correntes realizadas.

O gráfico acima compara o esforço relativo de Campos com as capitais da região Sudeste no período analisado, ratificando a importância do município na questão do investimento.

Podemos verificar que Campos é líder em investimento no Estado do Rio de Janeiro. Entre as capitais da região Sudeste, o município fica abaixo somente de Belo Horizonte, superando São Paulo e Vitória. Entretanto, baseado na trajetória de sua taxa de investimento, a expectativa é de que Campos dos Goytacazes atinja o maior patamar de investimento relativo no Brasil no ano fiscal de 2013.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra