O emprego formal em outubro na região Norte Fluminense


O Brasil gerou 1,4 milhão de vagas de emprego formal no período de janeiro a outubro de 2013. Um crescimento de 7,69% em relação ao mesmo período de de 2012. Por sua vez, o Estado do Rio de Janeiro gerou 58.405 vagas em 2013, contabilizando uma perda de 47,64% em relação ao mesmo período de 2012.
A região Norte Fluminense gerou 595 novos empregos em outubro, saldo inferior 55,46% a setembro de 2013. 
A tabela apresenta os saldos de emprego relativo a outubro para os municípios da região. 

Campos os Goytacazes gerou 368 novas vagas no mês e um saldo acumulado de 5.026 empregos no ano, com a seguinte distribuição: 642 empregos ou 12,8% na indústria de transformação; 564 empregos ou 11,2% na construção civil; 1.337 empregos ou 26,6% no setor de serviços; 2.381 empregos ou 47,4% no setor agropecuário. O comércio gerou um saldo negativo de 59 empregos.

O município de Macaé gerou 109 vagas no mês e um saldo acumulado de 4.599 no ano, com a seguinte distribuição: 6.075 empregos ou  132,1%na construção civil; 911 empregos ou 19,8% no setor de serviços. A indústria de transformação gerou um saldo negativo de 1.701 vagas e o comércio negativou 507 vagas no ano.

O município de São João da Barra gerou 93 novas vagas em outubro e acumulou um saldo negativo de 1.094 empregos no ano. A indústria de transformação negativou 137 empregos, a construção civil negativou 961 empregos e o setor de serviços negativou 12 empregos no ano.

No município do porto do Açu, o processo de recuperação do emprego ainda é muito lento, após a forte tempestade. O gráfico mostra a trajetória do emprego formal nos meses de 2013.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra