LLX e os novos ventos!

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2013/10/1354751-eig-tira-eike-da-llx-antes-do-aumento-de-capital-e-bancos-rolam-dividas.shtml

Com a chegada da EIG, empresa americana, no Porto do Açu, além dos benefícios de rolagem da dívida de curto prazo e ingresso de dinheiro novo do BNDES, a sociedade sanjoanense deve exigir a implementação das medidas compensatórias pactuadas nos estudos de impactos, aprovados pelo órgão ambiental. Impactos negativos nas atividades pesqueira e agrícola, desorganização no transito, violência urbana/rural e nas estradas, especulação de toda ordem, etc., são questões que precisam ser contornadas pela implementação de programas compensatórios pela empresa. Leia sociedade (governo, entidades de classe, profissionais liberais, organizações diversas). Ou se exige as compensações de direito agora, ou não esperem um futuro promissor para município. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra