Uma Visão Moderna de Cultura

A convite do amigo André Pinto, gestor da Cultura Municipal em São João da Barra, assisti a cerimonia de abertura da 7ª Primavera dos Museus, sob sua coordenação. Fiquei muito feliz de presenciar a sua moderna visão sobre cultura, fundamentada na história e com proximidade com a escola. Diferente da visão cultural imersa em eventos pontuais que se encerram em si mesmo, André Pinto explora, positivamente, a rica trajetória de historiador do saudoso João Oscar Pinto, o seu pai, e articula as diferentes atividades de cunho cultural a história de município. Exemplos como as apresentações de danças representativas do papel das Mucamas e dos Capoeiristas, durante a soberania do Império, resgatam a história e cria elos entre o cidadão e a sua terra.
A gestão da cultura fundamentada na história apresenta outras vertentes importantes que potencializam o turismo e a economia como um todo. Ai está um belo exemplo de ações de cunho endógena, capazes de gerar riqueza com inclusão social, diferente dos grandes investimentos exógenos que não guardam nenhuma relação com o ambiente afetado. A cultura e a história de um povo representam um recurso intangível próprio da localidade, com amplas possibilidades de moldar negócios altamente competitivos, dado a sua condição monopolista e de grande interesse global. A Europa mesmo em condição de fragilidade econômica, em função da crise mundial, sobrevive ancorada na sua rica história, a qual potencializa o turismo local.
O uso dos recursos locais tangíveis e intangíveis representa uma potencial oportunidade de desenvolvimento. Persista nesse caminho meu amigo André!  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra