Operações bancárias em junho na região Norte Fluminense

A tabela apresenta os saldos de operações de crédito, depósito a vista de governo, depósito a vista do setor privado e depósito a prazo, em junho de 2013, nos municípios da região Norte Fluminense. Campos dos Goytacazes com uma estrutura bancária correspondente 36 agências, contabilizou R$1,9 bilhão em operações de crédito, seguido por Macaé (26 agências) com R$1,6 bilhão e São Fidélis (4 agências) com R$136,3 milhões.
Nas operações de depósito a vista do setor privado, a liderança é Macaé com um saldo de R$331,7 milhões, seguido por Campos dos Goytacazes com um saldo de R$252,2 milhões e São João da Barra (4 agências) com R$19,0 milhões. 
Nas operações de depósito a prazo, Campos dos Goytacazes contabilizou um saldo de R$1,0 bilhão, Macaé R$821,5 milhões e São João da Barra R$226,4 milhões.  
Observando a trajetória dos saldos de depósito a prazo (aplicações financeiras) em São João da Barra, verifica-se um forte crescimento nominal de 205,69% em junho de 2012 com relação a junho de 2011 e um crescimento de 8,12% em junho de 2013 em relação a junho de de 2012.
Esse robusto crescimento de depósito a prazo é incompatível com o volume de crédito disponibilizado no sistema e com o saldo de depósito a vista do setor privado. Como as remunerações do trabalho e do capital são baixas, essas aplicações caracterizam alta concentração de riqueza no sistema econômico.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra