Operações bancárias em junho na região Norte Fluminense

A tabela apresenta os saldos de operações de crédito, depósito a vista de governo, depósito a vista do setor privado e depósito a prazo, em junho de 2013, nos municípios da região Norte Fluminense. Campos dos Goytacazes com uma estrutura bancária correspondente 36 agências, contabilizou R$1,9 bilhão em operações de crédito, seguido por Macaé (26 agências) com R$1,6 bilhão e São Fidélis (4 agências) com R$136,3 milhões.
Nas operações de depósito a vista do setor privado, a liderança é Macaé com um saldo de R$331,7 milhões, seguido por Campos dos Goytacazes com um saldo de R$252,2 milhões e São João da Barra (4 agências) com R$19,0 milhões. 
Nas operações de depósito a prazo, Campos dos Goytacazes contabilizou um saldo de R$1,0 bilhão, Macaé R$821,5 milhões e São João da Barra R$226,4 milhões.  
Observando a trajetória dos saldos de depósito a prazo (aplicações financeiras) em São João da Barra, verifica-se um forte crescimento nominal de 205,69% em junho de 2012 com relação a junho de 2011 e um crescimento de 8,12% em junho de 2013 em relação a junho de de 2012.
Esse robusto crescimento de depósito a prazo é incompatível com o volume de crédito disponibilizado no sistema e com o saldo de depósito a vista do setor privado. Como as remunerações do trabalho e do capital são baixas, essas aplicações caracterizam alta concentração de riqueza no sistema econômico.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra