Grupo X: um futuro de incertezas

Ao contrário de algumas declarações otimistas, a situação do Grupo X é extremamente delicada. A reestruturação do endividamento, especialmente da OGX e OSX, empresas que poderiam garantir caixa mais rápido, tem sido traumática. Existem compromissos de curto prazo sem possibilidade de atendimento, os interessados nos negócios só colocam dinheiro novo para investimento e somente a venda de ativos é insuficiente para a continuidade dos negócios. O projeto do porto do Açu não é diferente, o descrédito de Eike, o caixa insuficiente para fazer frente as parcelas da dívida de curto prazo e a dificuldade de negociação dos ativos, tornam-se elementos bastante inibidores da normalidade que alguns querem passar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições