Grupo X: um futuro de incertezas

Ao contrário de algumas declarações otimistas, a situação do Grupo X é extremamente delicada. A reestruturação do endividamento, especialmente da OGX e OSX, empresas que poderiam garantir caixa mais rápido, tem sido traumática. Existem compromissos de curto prazo sem possibilidade de atendimento, os interessados nos negócios só colocam dinheiro novo para investimento e somente a venda de ativos é insuficiente para a continuidade dos negócios. O projeto do porto do Açu não é diferente, o descrédito de Eike, o caixa insuficiente para fazer frente as parcelas da dívida de curto prazo e a dificuldade de negociação dos ativos, tornam-se elementos bastante inibidores da normalidade que alguns querem passar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra