Emprego formal em julho de 2013 na região Norte Fluminense

O resultado do emprego formal em julho, acentua o quadro de preocupação com a economia do país. Foram abertas 41.463 vagas no Brasil em julho, caracterizando o pior resultado para o mês em 10 anos. As grandes regiões do país sentiram mais profundamente a desaceleração do emprego, fechando 11.000 mil vagas no mês.
A região Norte Fluminense não ficou isenta desse processo e fechou 5.639 vagas em julho deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado.
A tabela apresenta os saldos de emprego formal em julho nos municípios da região. Macaé criou 653 emprego no mês e um saldo acumulado de 2.911 no ano, sendo 3.854 vagas na construção civil, 454 vagas na atividade de serviços. A indústria de transformação e o comércio apresentaram saldos negativos no ano.
O município de Campos dos Goytacazes criou 313 vagas de emprego em julho e um saldo de 4.044 vagas no ano, sendo 2.404 na agropecuária, 1.204 vagas na atividade de serviços, 633 vagas na indústria de transformação e 155 na construção civil.  
São João da Barra apresentou um saldo negativo de -66 vagas em julho e um saldo negativo de -1.538 no ano. A construção civil destruiu 1.233 vagas, a indústria de transformação destruiu 227 vagas e a atividade de serviços destruiu 82 vagas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra