Análise da Riqueza Brasileira no I Trimestre de 2013

O Produto Interno Bruto - PIB do Brasil, atingiu o valor de US$1,11 trilhão no primeiro trimestre de 2013. Comparativamente ao último trimestre, foi contabilizado um baixo crescimento de 0,6%, salvo pela agricultura que cresceu 9,7%. A indústria declinou 0,3% e o setor de serviços cresceu 0,5%. Pela ótica da demanda, a despesa de consumo das famílias se mostrou fraca, com crescimento de 0,1%. O anterior incentivo ao consumo em um ambiente de facilidades de crédito com baixas taxas de juros e prazos elásticos, geraram endividamento que, com o crescimento inflacionário recente, deprimiu a capacidade de compra dos consumidores.
Nas operações de comércio exterior, foi verificada uma queda nas exportações de 6,4% e um crescimento nas importações de 6,3%, indicando que parte importante do incentivo à produção nacional foi aproveitada pelos países que exportam para o Brasil. Isto é, contribuímos para a geração de emprego no exterior.
Na comparação do I trimestre de 2013, com o mesmo trimestre de 2012, foi contabilizado um crescimento de 1,9% do PIB, onde a agricultura cresceu 17% impulsionado pela soja, milho, fumo e arroz. A indústria caiu 1,4% impulsionada pela indústria extrativa mineral, construção civil e indústria de transformação, enquanto o setor de serviços cresceu 1,8%. Neste período a exportação caiu 5,7% e a importação cresceu 7,4%, mostrando que o quadro não satisfatório permanece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra