Projeto de Extensão da UENF é apresentado a Capitania dos Portos em São João da Barra



O Projeto de Extensão da UENF, “Resgate e disseminação da história local: uma estratégia para a mudança sócio-cultural e econômica, coordenado pelo professor Alcimar Chagas, foi apresentado nesta terça, 29 de janeiro, ao corpo de profissionais da Capitania dos Portos de São João da Barra. Com a finalidade de apresentar alguns aspectos da história local a esses profissionais recém chegados no município, os bolsistas Chrisson Monteiro e Débora Longue focaram a discussão nos seguintes tópicos: formação histórica de São João da Barra, desenvolvimento da pecuária, o longo ciclo portuário que modernizou a economia e a cultura local, declínio e desmonte da atividade e a presente fase de transformação por conta da construção do Porto do Açu. 
A explanação gerou um importante debate com uma ampla participação dos militares que, apesar de pouco tempo na cidade, demonstraram grande conhecimento sobre a sociedade local. Temas como: necessidade de maior envolvimento da sociedade, planos de investimento em educação e incentivo ao interesse coletivo, afloraram e contaram com a substancial contribuição do jornalista e historiador Carlos Sá. O jornalista ainda ampliou a discussão sobre o ciclo portuário, acentuando os graves problemas operacionais e de gestão durante a sua vigência e sobre o período de decadência econômica com o desmonte da atividade no final do século XIX. Ficou patente que a abolição da escravatura, a chegada da linha férrea, o forte interesse política na atividade e o assoreamento dos canais de navegação inviabilizaram a continuidade do ciclo portuário, jogando a cidade numa recessão profunda.
Esta primeira ação, segundo a coordenação do projeto, materializa o esforço de parceria entre a função de Extensão da UENF e a Capitania dos Portos de São João da Barra que, seguindo os seus objetivos, buscarão formular projetos institucionais em benefício do município.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra