Emprego formal na região Norte Fluminense em novembro de 2012

A movimentação do emprego formal nos municípios da região Norte Fluminense em novembro, indica que os maiores contabilizaram resultados negativos no mês. No caso de Campos e São Francisco de Itabapoana, o final da safra de cana-de-açúcar confirma o seu perfil sazonal, registrando um grande número de desligamentos. Em São João da Barra, as obras do porto do Açu evoluem com períodos de contratações e desligamentos, enquanto em Macaé o setor de serviço destruiu 428 vagas no mês. O emprego consolidado no período de janeiro a novembro, coloca Macaé na liderança com um saldo de 5.350 vagas de emprego em 2012, distribuidas em 30,02% no setor de serviços, 45,87% no setor de construção civil, 13,83% no setor de indústria de transformação e 3,1% no comércio.
Campos dos Goytacazes gerou um saldo acumulado de 2.224 vagas no ano, distribuidas em 64,57% na agropecuária e 80,67% no setor de serviços. A construção civil destruiu 1.542 vagas e o comércio 39 vagas no ano.
São João da Barra gerou 1.046 vagas de emprego no ano, distribuidas em 60,23% na construção civil, 33,94% na indústria, 9,08% no setor de serviços, com destruição de 10 vagas no comércio.
São Francisco de Itabapoana gerou 130 vagas no ano, distribuidas em 27,86% no setor agropecuário, 28,57% no comércio e 41,43% no setor de serviços.  
Em novembro, foram desligados 1.870 trabalhadores no setor agropecuário em Campos e São Francisco de Itabapoana, por conta no final da safra de cana-de-açúcar.

Comentários

  1. Alcimar.

    Estou fazendo uso das informações do teu blog e me confundiu os dados pois 64,57% + 80,67% > 100%. É isto mesmo?

    "Campos dos Goytacazes gerou um saldo acumulado de 2.224 vagas no ano, distribuidas em 64,57% na agropecuária e 80,67% no setor de serviços. A construção civil destruiu 1.542 vagas e o comércio 39 vagas no ano."

    Obrigado

    Andre Uebe

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra