A atividade Agropecuária no Estado do Rio de Janeiro em 2011

A tabela apresenta o retrato da atividade agropecuária no Estado do Rio de janeiro, através do rendimento em 2011. A agricultura temporária concentra-se nas regiões Norte e Noroeste Fluminense, cuja liderança é de São Francisco do Itabapoana com um rendimento médio de R$ 155,4 milhões no ano, seguido por Campos dos Goytacazes com R$91,5 milhões, São José de Ubá com R$61,8 milhões, Cambuci R$51,0 milhões e Quissamã com r$37,4 milhões. As culturas principais nessa modalidade são: mandiona, abacaxi e cana-de-açúcar em São Francisco de Itabapoana; cana-de-açúcar em Campos dos Goytacazes e Quissamã; tomate em São José de Ubá e Cambuci.
A agricultura permanente concentra-se nas regiões Noroeste Fluminense, Costa Verde e Baixada Litorânea. O município de Varre Sai lidera nessa modalidade com um rendimento de R$31,8 milhões, seguido por Saquarema com R$28,4 milhões, Araruama com R$21,8 milhões, Itaguai com R$18,3 milhões e Porciuncula com R$18,0 milhões. As culturas principais são: café em Varre sai e Porciuncula; laranja em Araruama; Banana e coco-da-baia em Itaguai e coco-da-baia em Saquarema.
A atividade pecuária concentra-se nas regiões do Médio Paraiba, Norte e Noroeste Fluminense. Barra Mansa tem um rendimento de R$20,2 milhões, Resende R$20,5 milhões, Valença R$20,1 milhões, Itaperuna R$19,1 milhões e Campos dos Goytacazes R$18,9 milhões.
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra