Emprego na Região Norte Fluminense em setembro de 2012

A movimentação do emprego formal em setembro, na região Norte Fluminense, é apresentada na tabela. macaé gerou 945 novs vagas no mês e acumulou um saldo de 5.714 empregos formais. Desse total, a atividade de serviço apresentou uma participação de 43,91%, a construção civil participou com 33,37% e a indústria de transformação participou com 17,06%. 
O município de campos dos Goytacazes gerou um saldo de 263 empregos formais em setembro, acumulando um saldo de 3.244 empregos no ano. Desse saldo total, o setor agropecuário participou com 88,32%, o setor de serviços participou com 43,71% e a indústria de transformação participou com 19,30%.
São João da Barra gerou 45 empregos formais em setembro e um saldo acumulado de 1.192 empregos no ano. Desse total acumulado, a construção civil participou com 77,94%.
São Francisco de Itabapoana destruiu 38 empregos no mês, mas tem um saldo acumulado de 616 empregos no ano, concentrados na atividade agropecuária. São 521 vagas criadas no setor, ou 84,58% do total.
Carapebus concentrou os empregos gerados no ano em 92,86% no comércio, Cardoso Moreira concentrou 70,69% na agropecuária, Conceição de Macabu concentrou 94,74% no comércio, Quissamã concentrou 93,94% no comércio e São Fidélis concentrou 100% no setor de serviços.

Comentários

  1. Haverá uma baixa grande nesse fim de ano, pois a principal empresa de construção civil (ARG) está demitindo em massa nesse fim de ano!

    ResponderExcluir
  2. É verdade,o emprego na região tem um perfil sazonal. Hoje, somente Macaé conta com uma cadeia bem estruturada por conta da atividade petrofífera. Uma saida sustentável do emprego é a indução a construção de cadeias produtivas a partir dos recursos locais.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra