Texto do economista José Alves

Caro Professor,


Que maravilha assistir essas crianças, usufruindo deste momento ímpar, com você e o renomado jornalista Carlos Sá. Vocês são pessoas comprometidas com a transformação social, da nossa querida e mística São João da Barra. Desprovidos de toda e qualquer vaidade, vocês semeiam uma nova cidade, ensinando aos jovens um pouco de história. Infelizes são os homens que desconhece a sua própria história, não conseguem interpretar o presente, em função disto não conseguem viver plenamente a sua cidadania. Vocês estão dando uma aula de dignidade, responsabilidade e de verdadeira cidadania. Os frutos deste gesto nobre virão no longo prazo, talvez vocês não consigam nem colhê-los, mas o que vale efetivamente é a semeadura. Verdadeiros cidadãos. Parabéns!!!Como dizia o fundador do Teatro do Oprimido, Augusto Boal: “cidadão não é aquele que vive em sociedade, mas sim aquele que a transforma”.Você e o Carlos Sá certamente se enquadram nas sábias palavras do Mestre Boal.


Abrs.

José Alves.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra