Projeto Capacitar reune estudantes da escola pública para palestra do jornalista Carlos Sá



Uma bela palestra sobre a história de São João da Barra foi proferida pela jornalista Carlos Sá, nas instalações do projeto Capacitar em Atafona. Foi uma primeira ação do projeto de extensão da UENF denominado:
"Resgate e disseminação da história local: uma estratégia para a mudança sócio-cultural", cujo objetivo é sistematizar conteudo sobre a história local e disseminar na forma de seminários, visando auxiliar a promoção de mudança comportamental.

O jornalista Carlos Sá discorreu sobre a origem do município e a formação dos primeiros povoados, a partir da chegada de um grupo de pescadores oriundos de Cabo Frio. Acentuou a formação da estrutura portuária nos séculos XVIII e XIX, período de grande representatividade econômica do município, onde a atividade naval e a navegação de cabotagem geravam muitos empregos e riqueza, atraindo a atenção de países europeus.
Carlos Sá ainda relatou o esgotamento do ciclo de abundância em função da chegada da linha férrea, cuja capacidade de operação era muito superior ao processo operativo do porto. Diversos problemas contribuiram para o declinio, tais como: intervenção inadequada do governo na atividade, ausência de investimento público em infraestrutura, custos elevados e, fundamentalmente, a característica de acomodação muito própria do cidadão local.
Esta primeira ação cumpriu seu papel, já que deu o primeiro passo para a aproximação dos estudantes bolsistas do projeto com a história do município, além do esforço de integração com outros projetos de extensão da UENF com propósito semelhantente.

Comentários

  1. Parabéns, UENF, parabéns Carlos Sá, parabéns Prof. Alcimar por divulgar e parabéns a todos os envolvidos. "Eu acredito é na rapaziada!"

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Angeline, a nossa luta continua e você tem toda razão. Os jovens são recurso importantes, os quais não devemos disperdiçar. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Universidade é um equipamento de enorme impacto na vida dos jovens, então é muito importante essa ponte entre o conhecimento estabelecido, e aquele conhecimento cultural que está ali presente, circulando na localidade. Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto!
      Abraços

      Excluir
  4. Obrigado Tereza. Especialmente em São João da Barra podemos verificar, claramente, a ausência de informação sobre a potencial alternativa de evolução profissional que é a UENF. Universidade pública de ponta e tão próxima desses jovens, que muitas vezes pensam que é um sonho distante. Nesse nosso projeto,um dos objetivos é aproximar esse estudante da universidade, destruindo o mito existente.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra