Ainda sobre investimentos exógenos e recursos internos disponíveis.....

Leiam a intervenção do economista José Alves

É verdade professor,
Estamos diante do antigo e mesmo dilema. Não temos mão-obra nem conhecimento suficiente para encararmos os novos desafios, que aparecem nos nossos caminhos.
Infelizmente no Brasil a educação ainda é um tabu, não se investe em ciência e tecnologia, temos que importá-la de outros países e ficarmos à reboque.

Como bem salientou, o governo deveria ser o principal agente para fomentar o processo de desenvolvimento, mas ele tropeça nas próprias pernas, atendendo a demandas imediatas e de curto prazo. Os homens públicos da política brasileira preocupam-se com o próximo mandato e não com a próxima geração. É a pura sede incessante pelo poder.


Em razão desta sanha tresloucada, quem perde é o país e por sua vez, à sociedade. Agora surgem novos desafios e novamente somos obrigados a recorrer a terceiros, pois não temos expertise para enfrentá-los. Vem o pré-sal e não se tem tecnologia e mão de obra. Vem o Porto do Açú a mesma coisa. Lamentável!!!


José Alves

Economista


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições