Movimentação bancária em novembro na região Norte Fluminense

A movimentação bancária em novembro na região Norte Fluminense é apresentada na tabela ao lado. Campos contabilizou um saldo de R$1,2 bilhão de operações de crédito, um saldo de R$234,0 milhões de depósito a vista do setor privado e um saldo de R$918,4 milhões de depósito a prazo.
Macaé contabilizou R$1,0 bilhão de operações de crédito, R$264,1 milhões de depósito a vista do setor privado e R$682,6 milhões de depósito a prazo.
Nos outros municípios, destaca-se São Fidélis com um saldo de R$104,4 milhões de operações de crédito e São João da Barra com um saldo de R$158,2 milhões de depósito a prazo.
O gráfico apresenta a trajetória do saldo de depósito a prazo no município de São João da Barra. O crescimento dessa operação não é compatível com a dinamica econômica do município. Observe que o saldo de operações de crédito é menos que a metade do Saldo de São Fidélis, enquanto que o saldo de depósito a prazo em São João da Barra é oito vezes maior do que o saldo de São Fidélis. Está caracterizado uma forte concentração de recursos de origem pública, já que as atividades produtivas privadas tem apresentado muitas dificuldades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra