IPC-1 avança em novembro em Campos dos Goytacazes

A inflação da cesta básica no município de Campos dos Goytacazes, IPC-1, apresentou avanço no mês de novembro, seguindo a tendência nacional. De acordo com os cálculos realizados, os preços dos alimentos que compõem a refeição diária dos campistas tiveram um aumento de 1,01 % no mês de novembro, o maior desde setembro, quando o índice começou a ser calculado.

Dos 33 produtos que foram escolhidos para compor a cesta básica, a carne de segunda e o leite foram os que revelaram maior avanço ponderado, ou seja, contribuíram mais para o aumento dos preços por terem um peso maior no consumo das famílias, tendo um acréscimo de 2,4% e 4,2% respectivamente.

Outras variações importantes foram do alho, 5,29%, do papel higiênico, 11,5%, e do detergente líquido, 1,9%.

No trimestre setembro-outubro-novembro, a inflação acumula alta de 0,89%. O gráfico acima demonstra este crescimento aplicado a cada cem reais gastos com alimentação básica desde o mês de agosto:

O mesmo gráfico demonstra, portanto, que para cada 100 reais que o consumidor gastou no fim de agosto com alimentos básicos, no fim de novembro ele teria que desembolsar R$ 100,89.

Embora a evolução do IPC-1 pareça relativamente modesta, é relevante ressaltar o aumento mais acelerado no mês de novembro, que embora característico de fim de ano, deve ser acompanhado cuidadosamente para que seja comprovada, ou não, a influência majoritária da estação de festas sobre a evolução dos preços.

Por Rômulo Rodrigues

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra