O emprego nos municípios com mais de 30 mil habitantes na RNF em agosto

A divulgação do emprego em agosto nos municípios com mais de 30 mil habitantes, na Região Norte Fluminense, coloca Macaé na liderança com um saldo de 9.206 empregos acumulados no período. O setor de serviços participou com um saldo de 6.103 empregos ou 66,29%, a indústria de transformação somou 1.412 empregos ou 15,34% e a construção civil somou 1.003 empregos ou 10,90% do saldo acumulado.
Abaixo de Macaé, o município de Campos de Goytacazes gerou um saldo de 7.182 empregos acumulados no período. O setor agropecuário foi responsável por um saldo de 3.706 empregos ou 51,60%, a atividade de serviços gerou 1.314 empregos ou 18,30%, a indústria de transformação gerou 774 empregos ou 10,78% a construção civil gerou 706 empregos ou 9,83% e o comércio gerou 673 empregos ou 9,37% do total acumulado no período.
São Francisco de Itabapoana gerou um saldo de 824 empregos no período, tendo o setor agropecuário participado com 799 empregos ou 96,97% do saldo acumulado.
A participação do emprego gerado nesses municípios é equivalente a 12,57% do emprego gerado no Estado do Rio de Janeiro no período que, por sua vez, apresentou uma participação de 7,51% do emprego gerado no país no mesmo período.


O gráfico ao lado apresenta a evolução dos saldos de emprego nos meses de janeiro a agosto dos municípios de Campos dos Goytacazes e Macaé. Observa-se a característica sazonal do emprego em Campos e uma trajetória de crescimento regular no município de Macaé.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra