A UENF no processo de expansão para a Região Noroeste Fluminense

Representantes da UENF debatem expansão da instituição com representantes políticos da Região Noroeste Fluminense em Itaperuna. Na foto da Fundação São José, sede do evento, o vice-reitor Édson Corrêa da Silva, o presidente da Fenorte Almy Júnior, o prefeito de Itaperuna Fernando Fernandes, o reitor da UENF Silvério de Paiva Freitas, o prefeito de Itaocara Alcione Corrêa de Araújo e o prefeito de Cambuci Oswaldo Botelho.

O evento contou ainda com a participação de representantes dos municípios de Italva, Cardoso Moreira (região norte), Laje do Muriaé, Santo Antônio de Pádua e Varre-Sai, além de representantes da UENF e de instituições locais.

Um aspecto fundamental consolidado com a reunião foi a visão de território, entendido e aceito por todos, como base para o sucesso do objeto de expansão da UENF para a região, já que a cooperação e reciprocidade substituem a concorrência entre os municípios. O consenso de que o esforço de fortalecimento da região, vista como unidade integrada, é essencial para o fortalecimento das unidades municipais, e não o contrário, foi verificado, assim como a percepção de que na conseqüência pode ocorrer o desenvolvimento socioeconômico com a geração de externalidades, alterando positivamente as condições atuais de cada município. Outro elemento tratado no campo da informação se relaciona a formulação de estratégias para a formação de aglomerações produtivas no espaço regional, a partir da identificação e planejamento dos recursos potenciais localizados.

Desdobramentos de cunho político e técnico ocorrerão nos próximos quinze dias, de maneira que o documento de base, elaborado pela UENF em decorrência do processo de discussão anterior, possa ser concluído no corrente esforço democrático, para posterior apresentação ao governador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra