Qualificação profissional: discurso ou compromisso?

Se a qualificação do cidadão para o trabalho está no aprimoramento de suas habilidades para executar funções específicas que são demandadas pelo mercado, o sucesso do processo passa a depender da qualidade do ensino fundamental e médio. Aliado a essa afirmação, há de se considerar o desvio de foco dos municípios no apoio a formação de terceiro grau, como observado na Região Norte Fluminense.

Na região específicamente, verifica-se um quadro emblemático. De um lado um consistente afluxo de investimentos em andamento e em planejamento para as atividades de petróleo, portos, siderurgia, construção naval, dentre outras, com uma forte demanda por mão-de-obra qualificada e do outro lado, a fragil percepção do poder público constituido, no que diz respeito a necessidade de planejamento e adaptação do território as presentes mudanças.

Nesse contexto de pratica de abandono do ensino fundamental e apoio a formação de terceiro grau, surge uma vácuo importante que destrói a possibilidade de inserção de uma parcela razoável de trabalhoares locais nesses investimentos. A fragilidade do ensino fundamental dificulta o processo de qualificação por despreparo do aluno, enquanto o esforço na formação de terceiro grau não rende a produtividade esperada, já que o despreparo do aluno, aliado a qualidade questionável do ensino superior nas faculdades particulares e nem sempre uma escolha adequada da profissão, são fatores conflitantes com as qualificações exigidas do mercado.

Os presentes investimentos exigem mão-de-obra altamente especializada e com experiência, segundo os padrões do mundo moderno do trabalho. A história da educação na região mostra um certo distanciamento em relação ao novo momento que se constrói e o indicador do IDEB, através das notas obtidas pelos municípios da região em 2009, para o ensino fundamental até a quarta série e de quarta a oitava série, nas escolas de responsabilidade do município, ajudam a entender melhor este quadro tão preocupante.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra