Movimentação bancária em março na Região Norte Fluminense

Os saldos das operações bancárias em março são apresentados na tabela ao lado. A variação mais acentuada foi registrada em São João da Barra, onde o saldo de depósito a prazo cresceu 26,39% em relação ao mês de fevereiro. Comparativamente ao mesmo mês do ano passado, verifica-se um crescimento de 119,62%. Esse indicador mostra a existência de uma massa de recursos que evolui fortemente e parece muito concentrado, já que não apresenta compatibilidade com os saldos de crédito. Observe que São Fidélis apresenta um saldo de crédito no valor de R$86,5 milhões, enquanto São João da Barra apresenta um valor de R$24,4 milhões. Entretanto, nos depósitos a prazo, enquanto São Fidélis apresenta um saldo no valor de R$8,2 milhões, São João da Barra apresenta um valor de R$71,7 milhões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação