Execução orçamentária no primeiro bimestre de 2011 na Região Norte Fluminense

Os indicadores da execução orçamentária do primeiro bimestre de 2011 são apresentados para os seis municípios da Região Norte Fluminense. Os municípios de Campos, Carapebus e São João da Barra ainda não disponibilizaram os seus dados contábeis na base do Tribunal de Contas do Estado. A tabela apresenta o percentual de execução das receitas correntes, receitas tributárias e transferências correntes. Observa-se que Cardoso Moreira com um percentual de realização de 25,1% e Quissamã com 23,8%, apresentaram o melhor aproveitamento proporcional entre esses municípios, no que diz respeito a geração de receitas próprias, enquanto Conceição de Macabu com 6,1% e São Fidélis com 5,3%, apresentam os piores resultados de execução de receitas própria no período.


A execução das despesas correntes, despesas com pessoal e investimento, também foram analisadas. Verificou-se que as despesas com pessoal e encargos alcançaram os maiores percentuais de execução, enquanto que os percentuais de execução das despesas com investimento se mantiveram muito baixas. O município de São Francisco de Itabapoana ainda não conseguiu liquidar nenhum valor no bimestre, enquanto Quissamã só conseguiu liquidar 3,4% do orçamento previsto. Este é um sério problema na região, ou seja, muita facilidade para o gasto em custeio e muita dificuldade para o gasto em investimento. Como os recursos orçamentários são dirigidos numa proporção muito elevada para a manutenção da máquina pública, o futuro tende a ficar comprometido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições