Valor Adicionado Fiscal na Região Norte Fluminense

O valor Adicionado Fiscal nos municípios da Região Norte Fluminense, divulgado pela Secretaria de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro, ratifica a baixa dinâmica econômica na região. Os discursos otimistas em relação a economia da região não são confirmados nesses indicadores. Existe um erro claro na avaliação quando associam desenvolvimento econômico a aumento da Receita Orçamentária. Essas são contaminadas pelas transferências de royaties da indústria petrolífera.

Na tabela acima, confrontando os valores adicionados de 2008 com os de 2009, pode-se observar que somente Cardoso Moreira, Conceição de Macabu e São Fidélis, conseguiram registrar crescimento em 2009 com base a 2008. Complementarmente, pode-se verificar em 2009 uma participação da região em 13,18% no valor total transferido pelo Estado. Este percentual é inferior a participação de 14,21% em 2008, neste caso, uma queda nominal de 0,90%.

O gráfico ao lado, apresenta as variações percentuais descontadas da inflação dos dois anos acumulada em 7,95%.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra