Movimentação bancária em novembro na Região Norte Fluminense

A movimentação financeira na Região Norte Fluminense, em novembro de 2010, apresentou números importantes. Em Campos, o saldo de créditos negociados no mês chegou a R$1,0 bilhão e em Macaé chegou a R$806,9 milhões. Os saldos de depósitos a prazo somaram R$652,5 milhões em Campos e R$328,4 milhões em Macaé. Quanto a movimentação de depósitos a vista no setor privado, Macaé alcançou R$270,6 milhões, enquanto Campos contabilizou R$231,3 milhões.
Avaliando o crescimento percentual da movimentação de operações de crédito e de depósito a vista privado em novembro de 2010, comparativamente a movimentação em novembro de 2009, verificou-se, segundo o gráfico ao lado, que São João da Barra apresentou o maior crescimento de depósito a vista do setor privado, com uma variação de 70,76% no período. Ainda sobre São João da Barra, o crescimento no crédito chegou a 17,67%, percentual muito inferior ao crescimento dos depósitos a vista privado. Observe que Macaé contabilizou um crescimento de 6,29% nos depósitos a vista e um crescimento de 32,29% nas operações de crédito. Lembrando que operações de crédito significam investimento e emprego. Campos apresentou um bom equilíbrio, já que os depósitos cresceram 29,16% e o crédito 26,77%. Veja os outros percentuais no gráfico.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições