Comércio exterior de açúcar e minério de ferro em janeiro de 2011

Os preços elevados das commodityes brasileiras no ano passado, especialmente açúcar e minério de ferro, esfriaram a demanda internacional desses produtos em janeiro de 2011. Conforme pode-se observar na tabela acima, o volume de açúcar exportado em janeiro chegou a 895,4 mil toneladas, representando uma queda de 44,4% do volume exportado em dezembro de 2010 e menor 30,5% do volume embarcado em janeiro de 2010. O preço médio de US$ 558,6 por tonelada negociado em janeiro de 2011, entretanto, foi maior 8,63% do preço negociado em dezembro de 2010 e maior 33,7% do preço negociado em janeiro de 2010.

No comércio internacional de minério de ferro, o processo foi similar. O volume de 22.736,3 mil toneladas embarcadas em janeiro de 2011, representou uma queda de 29,34% em relação ao volume exportado em dezembro de 2010 e em relação a janeiro de 2010, representou um leve crescimento proporcional de 7,84%. O preço médio de US$111,70 praticado em janeiro de 2011 foi maior 1,54% do preço médio praticado em dezembro de 2010 e maior 144,95% do preço médio praticado em janeiro de 2010. Conforme pode-se observar, o comércio desses produtos interessam a Região Norte Fluminense e, naturalmente, no que diz respeito a minério, explica o grande interesse na construção do complexo portuário do Açu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra