Movimento de emprego em novembro nos municípios com mais de 30 mil habitantes na Região Norte Fluminense



A movimentação do emprego nos municípios da Região Norte Fluminense, com mais de 30 mil habitantes, apresenta evolução no saldo em Macaé e Campos dos Goytacazes. O município de São Francisco de Itabapoana negativou o bom saldo gerado ao longo do ano, mostrando a dependência a cana de açúcar. O saldo de emprego sobe substancialmente no inicio da safra e declina fortemente no final do ano. O municipio de São Fidélis também negativou o saldo positivo anterior, ficando Campos e Macaé como concentradores de emprego no conjunto desses municípios. O saldo de emprego acumulado no ano em Campos está distribuido nas seguintes ocupações: 1.138 vagas na indústria de transformação, 2.908 vagas na construção civil, 1.889 vagas em serviços, 1.650 vagas na agropecuária e 884 vagas no comércio. Em Macaé a distribuição é a seguinte: 6.164 vagas em serviços, 704 vagas na indústria de transformação, 851 vagas no comércio e 256 vagas na indústria extrativa mineral.



A figura ao lado, apresenta a trajetória do saldo mensal de geração de emprego nos municipios de Campos e Macaé. Observa-se em Campos a força do setor canavieiro que no início da safra em maio contribuiu fortemente para o pico de geração de emprego. Macaé apresentou uma trajetória menos sazonal em função da forte atividade de serviços, podendo fechar o ano muito próximo ou acima do bom saldo gerado em Campos em 2010.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

São João da Barra: uma coletividade oprimida politicamente que dá sinais de reação

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra