Comércio Exterior de Minério de Ferro Brasileiro


O comércio exterior de minério de ferro vem ocorrendo a luz de forte pressão dos prinicipais compradores, especialmente, a China, que busca limitar o processo de correção dos preços contratuais. A própria China já declarou a intenção de fazer robustos investimentos na exploração de minério internamente, de maneira a diminuir a dependência atual aos fornecedores, dentre eles, o Brasil que é um parceiro muito importante.
Conforme pode ser verificado na figura abaixo, uma trajetória crescente nos preços praticados ocorreu no período de janeiro a setembro deste ano, perdendo folego e caindo em outubro e novembro.

Os indicadores de volume em tonelada, receita em dólar e preço, praticados em novembro deste ano, comparativamente a novembro de 2009, apresentaram os seguintes resultados: O volume exportado em novembro último foi maior 2,2% do que o volume exportado em novembro de 2009, entretanto a receita de novembro deste ano foi maior 146,1% do que a receita de novembro de 2009. Tal fato foi devido a boa recuperação do preço contratatual que em novembro último foi maior 141% do que o preço praticado em novembro de 2009. Essa é a razão da pressão chineza sobre os fornecedores de minério de ferro, matéria prima que alimenta o forte crescimento econômico desse país.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições