A política de recursos naturais da China e seus reflexos

Matéria publicada no Jornal Estado de São Paulo, com base nas informações da Dow Jones.
"A China gastará 30 bilhões de yuans (US$ 4,5 bilhões) nos próximos cinco anos para explorar seus depósitos minerais domésticos a fim de reduzir sua dependência de minérios importados, afirmou a agência de notícias Xinhua, citando o vice-ministro de Terra e Recursos Naturais chinês, Wang Min. O país conduzirá um projeto de exploração em 21 províncias, disse Min, segundo a agência. Nos próximos cinco anos, a China deverá importar menos que 75% de seu consumo total de cobre, menos que 50% de seu consumo total de minério de ferro e menos de 60% do consumo de silvita, afirmou Chen Renyi, da China Geological Survey, de acordo com a Xinhua".

Esta não é uma boa notícia para o complexo portuário do Açu que deve entrar em operação em 2012. Mesmo sendo um terminal portuário de uso misto, o minério é essencial para atrair investimentos e interesse de capitais externos para o negócio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições