Movimentação Bancária em julho na Região Norte Fluminense


Os valores dispostos na tabela ao lado, indicam os saldos das operações financeiras contabilizados em julho de 2010, para os municípios da Região Norte Fluminense. Em termos absoluto, Campos apresenta os maiores volumes: R$931,3 milhões de operações de crédito e R$872,8 milhões de depósitos totais. Macaé entretanto, apresenta um volume de depósito a vista privado superior a Campos, ou seja, R$285,5 milhões contra R$206,2 milhões. Macaé ainda apresenta R$732,4 milhões de operações de crédito e depósitos totais no valor de R$600,8 milhões.

Os indicadores representativos da preferência pela liquidez são apresentados ao lado. De forma geral, esses indicadores vem melhorando ao longo do tempo. Em julho, pode-se observar uma melhora mais acentuada em São João da Barra e Quissamã. Tal situação remete a um melhor nível de confiança dos bancos no sistema econômico e dos público no sistema bancário. Evidente que as boas condições da conjuntura econômica nacional tem um papel fundamental na queda dos índices de preferência pela liquidez. O público busca investimentos para os seus recursos, enquanto os bancos criam mais créditos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra