O livro Economia Norte Fluminense provoca debate do mais alto nível sobre aspectos econômicos da Região Norte Fluminense

O lançamento do livro "Economia Norte Fluminense: análise da conjuntura e perspectivas", reuniu importantes lideranças dos cenários político, educacional e econômico do município de Campos dos Goytacazes e região no Teatro Trianon na noite de ontem.
O economista Ranulfo Vidigal, presidente do Centro de Informação e Dados de Campos, falou sobre a importância da parceria entre a universidade, governo e organizações não governamentais, especialmente, no caso do projeto que norteou a materialização do presente livro. Ranulfo ainda traçou um panorama econômico regional baseando a sua argumentação nos investimentos da LLX já em andamento e, em função, de outros projetos potencias em estudo, os quais mudam as estruturas históricas da base economica da região.

Em seguida, o professor Alcimar fez um breve relato sobre a conjuntura econômica regional e sobre os aspectos relacionados ao livro, para em seguida o secretário de desenvolvimento econômico de Campos, Dr. Eraldo Bacelar, fechar a primeira parte do bloco de apresentação.

Na continuidade do evento, foi instalada uma mesa para o debate da atual conjuntura regional, onde pode-se observar um alto padrão de discussão, cujos temas e profundidade não deixaram dúvidas de que a região precisa usar o conjunto de competências de que dispõe para solucionar os problemas inibidores do crescimento. Participaram da mesa, o gerente do Sebare Gilberto Soares, o presidente da Firjan Geraldo Coutiunho, o diretor de pesquisa do IFF Romeu Neto, o presidente do Fundecam Eduardo Crespo, o secretário de desenvolvimento econômico Eraldo Bacelar, o pró reito de extensão Silvério Freitas, o economista Alcimar das Chagas Ribeiro, o secretário de Fazenda Dr. Esquef, os quais apresentaram fundamentais análises sobre a economia da região, sob a coordenação do economista Ranulfo Vodigal, apoiado pela competente Ineida Oliveira.
O evento ainda recebeu brilhantes convidados de São João da Barra e Campos dos Goytacazes.

O consenso extraído do evento é que esse processo de discussão precisa ter natureza permanente, já que definitivamente contribui para uma melhor intervenção do poder público e seus reflexos no bem estra da socieddade.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como um discurso descuidado induz a erros grosseiros!

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra