Projeto Capacitar e a pesca de cativeiro em São João da Barra

O Projeto Capacitar para Transformar Sistemas de Produção Local aplica conceitos de organização produtiva em rede, cujo fundamento principal se baseia no postulado de concorrência com cooperação. As experiências ocorrem no cultivo de tilapia em tanques forrados com plástico, no balneário de Atafona em São João da Barra. Apesar das dificuldades oriundas de aspectos culturais, históricos e políticos, os resultados são consistentes e importantes.
Efetivamente, em cinco anos de experiência, somente um produtor se engajou no projeto. Essa interação tem possibilitado resultados importantes no campo material e imaterial. No campo imaterial, aspectos como confiança e reciprocidade estão fundamentados. No campo material, resultados econômicos relevantes foram contabilizados em 2009/2010. Este único produtor produziu nos seus vinte tanques mais de uma tonelada de peixes que processada, possibilitou que o mesmo negociasse seu produto durante o verão. Segundo o produtor, sem essa possibilidade ele não conseguiria trabalhar já que o peruá, peixe capturado no mar e, tradicionalmente, comercializado nas praias, teve a sua oferta substancialmente reduzida e os preços praticados subiram fortemente.
Outro aspecto importante é que o projeto criou o ábito do consumo de tilapia, espécie anteriormente desconhecida na região.
Entendemos que é uma pena esta condição de desinteresse do produtor e ausencia de apoio institucional, fator que materializa a fragilidade do capital social no municicpio, elemento que alimenta a condição de ausência do perfil empreendedor e a postura individualista e assistencialista.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SITUAÇÃO DA PECUÁRIA NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO EM 2012

Porto do Açu em alta e deterioração do comércio em São João da Barra

As medidas do governo do estado e suas contradições